Bahia: Desconto de 10% no IPVA é válido até 8 de fevereiro

Os motoristas baianos têm até o dia 8 de fevereiro para aproveitar o desconto de 10% no pagamento, em cota única, do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2019. Há ainda a opção de pagamento com 5% de desconto para quem fizer a quitação do valor integral do imposto no dia do vencimento da primeira das três cotas do parcelamento padrão do imposto, data que varia de acordo com o número final da placa do veículo, conforme tabela divulgada pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz).

Outra opção para os proprietários de veículos é parcelar o imposto em três vezes, sem desconto, bastando observar a data de vencimento das cotas na tabela, também de acordo com o número final da placa. O pagamento pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, mediante a apresentação do número do Renavam.
Os débitos referentes à taxa de licenciamento e às multas de trânsito deverão ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. Os débitos anteriores do IPVA ainda não notificados também podem ser divididos em três vezes, juntamente com o IPVA 2019. No entanto, o proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes.
Já o seguro obrigatório deverá ser pago integralmente até o vencimento da primeira parcela do imposto, em caso de parcelamento do IPVA. O pagamento do tributo referente a embarcações e aeronaves deverá ser efetuado até 31 de maio de 2019. Todas as informações poderão ser consultadas no site da Sefaz ou por meio do call center da secretaria (0800 071 0071).
Redução
O IPVA ficará, em média, 3,65% mais barato para os contribuintes baianos em 2019. Com uma queda de 4,86%, os caminhões terão o maior alívio no valor do imposto. Já para os automóveis, a redução será de 3,2% e, para as motos, de 3,23%. Ônibus e micro-ônibus terão IPVA 3,66% menor. Para os veículos utilitários, o imposto cairá 3,28%. Os novos valores baseiam-se em pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a partir dos preços praticados no Estado em outubro de 2018. As informações estarão disponíveis no site da Sefaz.
O IPVA é a segunda fonte de arrecadação tributária do Governo do Estado. A frota tributável da Bahia é de cerca de 1,9 milhão de veículos. O secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, ressalta que o valor arrecadado é dividido meio a meio com o município onde o veículo foi emplacado.

Confira a tabela: 

Resultado de imagem para ipva bahia tabela 2019

????????????????????????????????????

Morro do Chapéu: Complexo eólico tem investimento de R$ 863 milhões

Responsável por cerca de 10% da geração de energia produzida no Brasil, a fonte eólica de Morro do Chapéu tem sido um referencial para o Estado. Em visita institucional ao complexo da Enel Green Power Brasil, instalado no município, a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), Luiza Maia, destacou a importância dos oito parques eólicos em operação comercial em Morro do Chapéu, com capacidade instalada de 231.8 megawatts, em um investimento de R$ 863 milhões.
“Os parques em atividade da Enel geraram 3,4 mil empregos em toda a cadeia produtiva. Isto rendeu uma onda de desenvolvimento à região e a previsão é de expansão. A política de atração de investimentos em renováveis para o interior, por parte do governo do Estado, tem ocasionado este impacto positivo nas economias locais”, pontuou Luiza maia.

Pais se organizam para gastar menos com material escolar

Grupos de WhatsApp e feiras de troca ajudam mães, pais e responsáveis a economizar na compra do material escolar. Com itens cada vez mais caros, famílias recorrem a ajuda de outros pais para completar a lista.
A comerciante Kátia Rodrigues, 53 anos, criou quatro grupos no WhatsApp, dois para compra e venda de livros, um para uniformes escolares e um para compra de materiais de papelaria.
A poucos dias para o início das aulas, ela finaliza as compras: “Estou indo agora na papelaria, onde conseguimos desconto, e depois vou à casa de uma mãe, para buscar o uniforme que comprei”, disse.
Com três filhos, Guilherme, 22 anos, Giovanna, 15 anos e Felipe, 14 anos, Kátia faz um malabarismo anual para economizar no material escolar. Hoje Felipe já está na faculdade, mas as reuniões com outros pais começaram quando mais velho ainda estava na escola.
Além dos grupos no WhatsApp, ela já organizou duas feiras de troca em Brasília. “As pessoas levavam cangas e colocavam os materiais ali”.
Neste ano, ela reuniu um grupo de pais e conquistou para o coletivo um desconto de 6% em uma das papelarias da cidade. “Essa organização gera uma economia para os pais. Além disso, tem a questão do impacto ecológico. Os livros e as roupas são adequadamente reutilizados. Para o meio ambiente é ótimo”, afirmou.
De acordo com a Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (Abfiae), em geral, o material escolar está 8% mais caro que no ano passado. Esse aumento é puxado principalmente por artigos importados como mochilas e estojos, que estão, em média, 10% mais caros. Cadernos e outros produtos de papel, aumentaram entre 6% e 8%.
Segundo o presidente da Abfiae, Sidnei Bergamaschi, os aumentos se deram principalmente pela variação do dólar e pela alta no preço da matéria-prima do papel.
“Uma dica importante é estar atento à qualidade do material. Muitos produtos, muitas categorias possuem certificação obrigatória do Inmetro [Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia]. O material tem que durar todo o ano. No início do ano, um produto pode parecer mais caro que outro, mas vai durar o ano inteiro, sem precisar comprar um novo”, opinou.
O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) preparou uma lista de dez dicas para economizar na volta às aulas.

Ibipeba: Prefeitura instala comedouros para cães e gatos abandonados nas ruas da cidade

O projeto “Cão sem fome” começou a funcionar em janeiro e conta com comedouros instalados em diversos pontos da cidade

O projeto da Prefeitura Municipal de Ibipeba busca alimentar cães e gatos em situação de abandono,  instalando “comedouros” em áreas públicas da cidade.

O Prefeito da cidade  Demóstenes de Sousa divulgou o projeto em suas redes sociais.

Como funciona?

Os “comedouros” são canos de PVC adaptados e transformados em recipientes para ração. Cada comedouro cabe, em média, 4 kg de ração, que deve ser reposta diariamente pela Prefeitura.

CERTIFICAÇÃO

A secretaria de Promoção da Igualdade Racial e Combate a Pobreza do município de Ibipeba-Ba, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela lei orgânica do município de número 314 de 27-11 de 2013, elaborou o processo de certificação da comunidade de Mocobeu que se auto definiu em ata como Remanescentes de Quilombo anunciou que:
Depois de um processo com análise antropológica, procedimentos determinados na portaria/FCP número 98, de 26 de novembro de 2007 regulamentado pelo decreto 4887/3003 anuncia através da portaria número 315, de 21 de novembro de 2018 e publicado em 23-11 de 2018 no DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO a certificação da comunidade de Mocobeu Ibipeba-Ba como Remanescentes de Quilombo, conforme declaração de Auto definição que instruiu o processo administrativo número 01420.103024/2018-79 da Fundação Cultural Palmares.

Prefeitura Municipal de Ibipeba – Construindo um Novo Tempo

AGRICULTURA

Nesta terça-feira (18), a técnica da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente/ Membro do Colegiado Territorial e do CMDS – Tatiane Barreto esteve reunida na DPT/Seplan com os demais membros da Coordenação Estadual dos Territórios – CET, para fortalecer a política de desenvolvimento territorial na Bahia, e contribuir com a nova coordenação.
Encaminhou-se nesta reunião a criação de um CNPJ para a CET, para acessar créditos diretos e assim facilitar a gestão e articulação nos territórios.
Aconteceu também a organização da nova diretoria, onde a técnica foi eleita Secretária Executiva titular.

Prefeitura Municipal de Ibipeba – Construindo um Novo Tempo

ASSISTÊNCIA SOCIAL

ASSISTÊNCIA SOCIAL

A Prefeitura de Ibipeba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, entregou nesta quarta-feira(19) no povoado de Mirorós, kits de enxoval para as gestantes com itens para auxiliar as mamães nos primeiros dias com o bebê. As gestantes são assistidas pelo Programa Criança Feliz.

Prefeitura Municipal de Ibipeba – Construindo um Novo Tempo

Accessibility